FOTOS
 
Do meu reino, o único lugar
onde podes entrar
são estas fotos.
Elas são
o que há muito era logo
e hoje é antes.
Lembrança pungente
de coisas pouco importantes,
gravadas para sempre.
 
A nespereira cresceu,
os cães são outra geração.
A trepadeira morreu.
Não é o mesmo telhado,
o muro substituiu a armação,
e a idade...
fez em mim muito estrago.
 
A foto que te mando
é onde vivo, o lugar.
Porém, não fiques esperando
ver o meu olhar.
 
As janelas da minha casa
ainda têm flores e cortinas,
mas já sem o sonho que casa
amor, juventude e roupas finas.
 
Adeus meu nunca amor,
que tanto poderia ser.
A lareira ainda emana calor,
enquanto olho o entardecer.

 

O Segredo Além do Pensamento

 

STORY TELLER
(Contadora de estórias)

A contadora de estórias,
de tempos longínquos falava.
No presente vivia memórias,
e todo o mundo a amava.

Ela era ambientalmente correta,
não usava papel, mas a voz.
Para sempre ficou secreta;
memória genética de cada um de nós.

Ansiando por sua sabedoria,
todos, fossem velhos ou crianças,
formavam círculos de alegria,
enquanto ela falava de esperanças.

Aguçando a imaginação,
Com aventuras sobressaltando,
ela transmitia a tradição,
a história do mundo exaltando.

 

 

Testículos Habet e Bene Pendentes

 

SHIVA TERMINA A DANÇA

O nada ecoa
em dimensões desertas.
Outro universo renasce.

Gases minérios perfumam estrelas
Galáxias voam a seus pés
Ínfimos deuses entre cometas.

Ferros em brasa marcam os tempos...
Grutas de ninfas e demônios
Trafegam certezas e ódios.

O tempo escorre na beira do céu
O azul grão de mostarda supera a ruína.
Na agonia a deusa canta mudança.

Novos sonhos de outros mundos 
a roda param.
De pés para cima a Terra em ânsia...

Morrem debochados deuses
dos homens espelhos.
Mágicas esperanças fluem sementes.

Novos impulsos permeiam gentes. 
A alma desabrocha livre.
A deusa Amor transforma e persiste

 

 

ELEMENTO

Queria ser pássaro
vesti-me de penas.
Queria ser água
enchi-me de lágrima.
Queria ser terra
fui mal germinada.
Queria ser fogo
fui fulminada.
Queria ser livre,
amei.
Veio o vento
blew me away...

 

Pergunte a seus Sonhos

 

PORQUE TE AMEI?


Porque te amei?
Foste a estrela onde meu corpo pendurei.
Foste a metáfora que minha força acendia.
Foste a experiência
que naquele momento urgia.
Foste o mago que fez a alma voar.
Foste o sonho onde me recriei.
Foste do querer a consequência
sem criar dependência.
Foste sinos que ergo ao altar
do interior,
por onde derramo
a mais bela partícula
de amor.
Foste o ar que precisava beber
para melhor meu universo entender.

 

Edouard

Haikai

Prisão psíquica
Atravessando tempos
Hoje renasce

Edouard

Haikai

Deusa Mãe Terra
chora suicídio
Nós em trânsito