flor    PROTAGONISMO FEMININO

 

Contextualiza as dificuldades históricas que o sexo feminino tem enfrentado em diferentes instâncias ao longo do tempo. A condição em que a mulher se encontra, depende da sua aceitação e submissão às regras de um jogo que pensa ser desígnios ou castigos divinos, assim como destino. Por milênios fomos ensinados a sentir culpa do que somos, como o absurdo de já termos nascido com pecado e com uma índole perversa. Há pelo menos 4.000 mil anos que a mulher se olha como um ser inferior e tem sido dentro desses parâmetros que ensina seus filhos e filhas. Sabendo nós o portentoso poder da mente, torna-se fácil compreender as terríveis consequências que tal absurdo provocou na psique humana ao logo de milênios. O maior mal da Humanidade não é a poluição, mas o desequilíbrio e a ambição que geram essa falta de consciência. Qual é o maior desequilíbrio que se conhece dentro desse sistema a que chamamos planeta Terra? Da mulher em relação ao homem e do homem - no desequilíbrio da anima.
Poderemos modificar o curso da História? Sim. A partir do momento em que haja um intrínseco equilíbrio e harmonia entre homem e mulher.

PALESTRAS