flor    INDIVIDUALIDADE   |   O EGO NEGATIVO E O EGO POSITIVO 

 

Na medida em que melhor nos conhecemos e a auto-estima se desenvolve, a nossa individualidade torna-se cada vez mais clara. Diferença entre individualidade e personalidade. A individualidade é o DNA da alma, mas que muitos atrofiam, porque não lhe permitem que se manifeste, por razões culturais, sociais e outras. A procura de nós mesmos, é uma luta que leva à autodescoberta e que vem da necessidade em descobrirmos a nossa individualidade. É aí que somos reais, espontâneos, criativos e autênticos. Para isso precisamos dominar a mente e retirá-la das águas em redemoinho do consciente coletivo. O individualismo a que me refiro, no seu conceito mais nobre é egoência, palavra criada pelo Mestre italiano Santiago Bovisio.
Cada um de nós tem de desenvolver-se individualmente a fim de adquirir a capacidade necessária para participar na transformação e no desenvolvimento global. Egoência, representa a individual responsabilidade em desenvolver a vontade, a consciência, a independência e o amor, o que implica renunciar aos vícios do antigo pensamento. Isto é o único meio que pode encaminhar a raça humana à transcendência. A transformação do Homo Sapiens Sapiens não pode acontecer a partir do coletivo, mas do indivíduo, quando cada um adquirir a nobreza, a sabedoria e a consciência necessárias para transformar-se, assim como a tudo aquilo que o rodeia. Temos de ser egoentes, renunciando o velho e abraçando o novo. Só assim nos poderemos transformar.