flor    ESPIRITUALIDADE É RESPONSABILIDADE

 

A palavra espiritualidade tem sido tão abstrata que poucos compreendem o que realmente significa. Muitos pensam que  ser uma pessoa espiritual é repetir orações, tentando mudar o rumo daquilo a que chamam destino. Outros pensam em espíritos e outros ainda a confundem com momentos intrinsecamente pessoais, que levam à descoberta ou abertura de fenômenos interiores, enquanto meditam, oram ou contemplam. Porém, espiritualidade é uma responsabilidade que nos transcende. É uma atitude íntima que nos permite adquirir uma forma consciente de viver e que nada tem a ver com religião. Responsabilidade espiritual é a responsabilidade de cada um por si e pela Humanidade.
Quando nos sentimos seres responsáveis de uma forma expansiva, deixamos de acreditar no destino. Se não formos seres responsáveis pela nossa própria vida, como o poderemos ser pela família ou pela Humanidade? Não somos apenas o nosso próprio mago, mas magos, entre os muitos magos do mundo. Como para seres menos conscientes a Força Interior é mais fácil de ser usada para fins puramente pessoais, a Humanidade continua sofrendo. No dia em que maior número de seres humanos usarem essa Força de uma forma expansiva, que os leve muito além de si mesmos, a Humanidade tomará outro rumo.
Além de ter objetivos, devemos ser possuídos por um grande desejo de ajudar os outros, mas muitos concentram suas ilusões em si mesmos, sem qualquer ideal mais abrangente. Ser espiritual é um compromisso individual que abrange a família e a sociedade, nos levando a tomar decisões que nos transcendam. Se nos perguntarmos, " É esta pessoa digna de ser o pai ou mãe dos meus futuros filhos?" não estamos agindo com soberba ou arrogância, mas com responsabilidade, inteligência e sabedoria. Isso é ser nobre e espiritual. As nossas decisões afetam o mundo.

PALESTRAS